Bem Estar Animal

Pet

Muitas vezes, o Bem-Estar Animal não é um conceito simples de entender, ele pode ter diferentes significados para diferentes pessoas. De modo geral podemos entender o bem-estar animal uma forma de referência à qualidade de vida dos animais, considerando uma boa saúde física e  psicológica e se os animais podem expressar seus comportamentos naturais.

 

Definido pelo pesquisador Donald Broom, o bem estar animal é a qualidade inerente aos animais, e não algo dado a eles pelo homem. Na prática, isso significa que ninguém é capaz de oferecer o bem-estar a um animal, mas sim condições para que ele possa se adaptar, da melhor forma possível, ao ambiente. Quanto melhor a condição oferecida, mais fácil será sua adaptação.

 

Os conceitos das cinco liberdades é um importante aliado do bem-estar dos animais, pois é essencial para que o sofrimento seja evitado. Mas, além disso, a necessidade de experimentar emoções positivas tem sido cada vez mais reconhecida pela ciência como um fator importante para o bem-estar dos animais.

 

Podemos ter também experiências subjetivas nos animais, relacionando o bem-estar animal com o conceito moral que envolve os animais por lhe atribuirmos capacidade de gerar experiências subjetivas tais como estados afetivos, sofrimento em condições adversas e sentimentos de prazer em condições agradáveis. Como afirmava o sistemata George Bentham em 1789, “ A questão não é: Possuem razão? Nem,  Conseguem falar?, mas Podem sofrer?. Mais sim é quando um animal se sente bem.

 

Na análise dos animais pelo sistema biológico a maior importância se dá  pelo funcionamento do organismo, levantando as questões de bem-estar as situações de doença, dor, mal nutrição. Assim um animal atinge o seu bem-estar ao crescer e desenvolver-se normalmente.

 

Agora na visão da natureza dos animais, essa visão postula que o bem-estar animal é obtido se os animais se encontram em locais onde possam comportar-se de forma natural, ou seja, onde possa realizar os comportamentos naturais da espécie.

 

No geral as três vertentes apresentadas anteriormente convergem para um bem-estar em que o comportamento animal é natural, adaptativo ao ambiente e que permite um bom funcionamento biológico a nível de sobrevivência, saúde e sucesso reprodutivo.  

 

De acordo com estudos que são feitos a muitos anos, podemos definir o Bem-Estar Animal como uma boa ou satisfatória qualidade de vida, tanto quanto na parte física quanto na parte psicologia.

 

Lembrando que nós como tutores temos que proporcionar todo o ambiente e prover todos os cuidados para que o Bem-Estar Animal esteja presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *