Focos de incêndio não cessam e Floresta Estadual é atingida novamente neste sábado

Meio Ambiente

O Horto Florestal, assim ainda chamado por muitos rio-clarenses, tem sido alvo frequente de incêndios

 
Murillo Pompermayer
A Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, em Rio Claro, tem padecido bastante devido a constantes incêndios. Na última sexta-feira (11), 30 hectares foram consumidos pelo fogo. O combate às chamas durou cerca de cinco horas. E neste sábado (12), mais danos ao local.
Na última sexta-feira (11), 30 hectares foram devastados. Neste sábado (12), 20 hectares

 
De acordo com o Tenente Giovani, do Corpo de Bombeiros, perto de 20 hectares foram consumidos. O trabalho dos bombeiros, que contou com o auxílio de gestores da Floresta, teve início às 11h00 e se estendeu até às 18h00. A região afetada fica nas proximidades da “Trilha dos 9”, assim como o registrado na sexta-feira.
Vista da área após as chamas serem controladas pelo Corpo de Bombeiros: cenário desolador

 
Reforço
Agora, os homens do Corpo de Bombeiros estão se utilizando de um recurso que tem auxiliado bastante nas buscas por focos de incêndio: um drone. Segundo o Tenente Giovani, o equipamento, que é particular, auxilia na busca de focos no interior da floresta, uma vez que a área é muito grande e, com o seu uso, é possível se ter uma visão mais ampla. “É muito importante para verificar localização, distância, coordenada e proporção”, explica.
O drone utilizado pelos bombeiros, que é particular, tem sido importante aliado na busca por focos de incêndio

 
Precauções
O Corpo de Bombeiros enumera dicas a fim de evitar que o fogo tenha início e se alastre, como no caso registrado neste sábado (12).
O que fazer diante de um incêndio florestal?
Caso se depare com um, ligue imediatamente para os telefones 193 ou 190. Não suponha que alguém já chamou. Descreva o local do incêndio, fale devagar e claramente, e responda todas as perguntas feitas pelo atendente.
Incêndios e queimadas
Evite jogar cigarros ou fósforos acessos às margens das rodovias, especialmente de carros em movimento; balões podem provocar acidentes aeronáuticos, incêndios florestais e são um perigo para refinarias e indústrias químicas. Soltar balão é crime. Lei 9.605.98; evite acender fogueiras; evite qualquer tipo de queimada; quando a queimada for necessária para fins agrícolas (cana e algodão, regulamentadas por lei), avise seus vizinhos e a Polícia Ambiental com dois dias de antecedência; não faça queimadas próximo à rede elétrica; nunca faça queimadas em dias quentes, secos ou com ventos fortes; informe onde houver fumaça para que o fogo seja combatido; se avistar fumaça suspeita, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros; e em caso de incêndio, acione o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *